Não se engane!

Profissionais de Ed. Física, sejam eles professores em academias, personal trainers ou simplesmente atletas, frequentemente são indagados por praticantes de musculação, iniciantes em sua maioria, que procuram desenvolver seu peitoral, coxas ou qualquer outro grupo muscular da maneira mais rápida possível. Ao serem respondidos, dizem: “Ah não, eu não sou um fisiculturista ou uma marombeira. Deus me livre!”; o que quer dizer que eles querem que os profissionais lhes passem alguns exercícios daqueles que saem em revistas de “boa forma”, algumas séries receitas de bolo tipo 4 x 8 ou 3 x 10 e não uma programação total e eficiente de treinamento. O problema com isto é que seu corpo não sabe se você é um fisiculturista ou não. Músculo é músculo, não importa quem você seja. A razão pela qual os fisiculturistas treinam da forma como fazem é que é assim que os músculos respondem mais eficientemente. Veja os glúteos de um fisiculturista ou de alguém que treina seguindo os métodos deles. Será que são super-desenvolvidos por uso de caneleiras no exercício 4 apoios (!?) ou por causa de um intenso agachamento ou leg press realizado com segurança e precisão?

Se você quiser que seus músculos atinjam o objetivo desejado, tem que se exercitar de forma eficiente e efetiva, desde que não haja restrições, e o treinamento com pesos para o fisiculturismo é o tipo que produz mais efeito.

Sendo assim, todos que usam o treinamento com pesos para desenvolver seus corpos são fisiculturistas. Você está ou não construindo seu corpo? Isso é que realmente o fisiculturismo significa no sentido geral. A forma certa é a forma certa, não importa o que lhe digam ou o que você pense.

Se você não tiver o material genético favorável, se não for aquela pessoa que consegue “ganhar músculo” facilmente, se comete erros na alimentação, há, ainda, maior razão para se dedicar ao treinamento que deve ser realizado tão correta e eficientemente quanto possível, e prescrito e acompanhado por quem realmente tem capacidade e experiência para fazê-lo. Pare de malhar e passe, de agora em diante a treinar. Não se engane!