Descubra seu Peso

Boa parte da sociedade ainda tem uma imagem errada em relação ao fisiculturismo. Não é raro, muitas pessoas ao se depararem com um fisiculturista, atleta ou não, perguntam: “você levanta muito peso?”- impressionadas com sua musculatura. E tais pessoas até que podem ser desculpadas por não saberem a diferença entre levantar peso e treinar com pesos, mas não existe desculpa quando profissionais da área cometem o mesmo erro.

A melhor resposta para esta pergunta seria que realmente isso não tem a menor importância, pois você é julgado pela aparência, não pela carga que você consegue deslocar.

É evidente e natural para fisiculturistas, competitivos ou não, que eles comecem a dar muita ênfase na quantidade de peso com que realizam os exercícios, continuar a aumentar a carga numa base segura e regular, sempre com enorme motivação. Faz bem ao ego e ajuda na inspiração a desafiar-se até mesmo para esforços maiores. Seria certo dizer até que é necessário, dentro de uma técnica correta de execução que não comprometa a eficiência e segurança do exercício.

Durante toda a época que eu competi, várias pessoas prestavam atenção na forma pesada e intensa que eu usava para treinar, mas hoje, realmente, acredito que não exista uma forma leve ou pesada no fisiculturismo. Você somente usa a quantidade de peso que está correta para seu corpo e para o tipo de série que está tentando fazer. Por causa da minha estatura e resistência, conseguia utilizar mais carga nos exercícios do que qualquer outra pessoa menos treinada , mas isso não significava que eu não treinasse com técnicas restritas, mantendo os pesos sob completo controle o tempo todo.

O ponto-chave de uma programação total de treinamento é treinar seus músculos, não simplesmente levantar pesos. Contrair a musculatura com a quantidade exata de resistência, com um programa preciso de séries e repetições, respeitando intervalos e freqüência, tem por finalidade enviar uma mensagem através do sistema nervoso central que reage, programando seus músculos, tendões e ligamentos para uma adaptação favorável em resposta.

Somar pesos aos seus exercícios com o passar do tempo é a forma completa para o treino de resistência progressiva. Quem está interessado nas cargas em vez de objetivar o efeito que seu treino está tendo sobre seu desenvolvimento, está usando a forma errada para conseguir o tipo de resultado pelos quais está esperando.

Se tudo o que você deseja é impressionar a todos com a quantidade de peso que  levanta, seria interessante conversar com um Profissional de Ed. Física com experiência em musculação sobre quais modalidades esportivas se utilizam dessa característica e que tipo de resposta seu corpo vai ter com esse treinamento.

Romney Dantas