unnamed

AGACHAMENTO CONVENCIONAL E “OVERHEAD”: QUAL SUA RELAÇÃO COM A AÇÃO DOS OBLÍQUOS EXTERNOS E PARAVERTEBRAIS.

Ontem alguém me indagou sobre um assunto que, confesso, não me deixou suficientemente seguro para responder de imediato; sendo assim, como de costume, pesquisei sobre uma possível explicação, a qual, em parte, pode ser a resposta do porquê de pessoas praticantes de algumas modalidades ostentarem uma cintura larga, com os oblíquos extremamente hipertrofiados e com […]

Leia Mais »

photo

INTRASET REST E SÉRIES CLUSTER. ENTENDENDO COMO FUNCIONA

INTRASET REST ou intervalos DENTRO das séries. Já ouviu falar? Alguns estudos já sugerem ganhos de HIPERTROFIA [1] similares aos adquiridos em força e potência [2] e é necessário saber que esse método avançado de treinamento NÃO é a mesma coisa que REST PAUSE, onde o segundo propõe que, após a falha muscular momentânea, uma […]

Leia Mais »

photo_1

TEMPO SOB TENSÃO E SINALIZAÇÃO DE SÍNTESE PROTÉICA

O papel dos estímulos relacionado com o acúmulo de subprodutos metabólicos visando hipertrofia muscular, em especial o lactato, já é conhecido e bastante discutido no meio científico, apesar da contribuição do estímulo metabólico ser ainda controversa, mas já é sabido que programas de treinamento visando hipertrofia muscular resultaram em maior resposta percentual do lactato quando […]

Leia Mais »

photo_10

OS EFEITOS DE PROGRAMAS DE TREINAMENTO DE FORÇA NA ECONOMIA DE EXECUÇÃO DA CORRIDA

Este estudo [1] realizou uma revisão sistemática e meta-análise de ensaios clínicos controlados para determinar o efeito de programas de treinamento de força sobre a economia de execução (economia de execução [EE] pode ser definida como o consumo de oxigênio em uma determinada velocidade submáxima de corrida, e um dos principais fatores que a influencia […]

Leia Mais »

photo_2

A RELAÇÃO DAS SOBRECARGAS NA COLUNA ENTRE STIFF E AGACHAMENTO E SUA IMPLICAÇÃO NA SEGURANÇA DO TREINO

Agachamento e stiff. Exercícios poderosos e de fundamental importância para um pleno desenvolvimento da musculatura das pernas, mas quando se trata de realizá-los no mesmo treino, mesmo que espaçados por outros exercícios entre eles, particularmente tenho minhas ressalvas quando compartilham da mesma intensidade (entenda-se alta). Como são exercícios que envolvem importantes estruturas musculoesqueléticas e também […]

Leia Mais »

photo_8

O USO DE DIFERENTES CALÇADOS NO TREINAMENTO DE FORÇA

Popularizado pelos bodybuilders, os calçados usados no basquete são coisa cada vez mais comum nas salas de musculação, não somente pela estética e por terem um solado estável, onde a distribuição do peso seria melhor, não causando deformações ou instabilidade durante os exercícios, mas por terem o “cano” mais alto e assim promoverem maior segurança […]

Leia Mais »

photo_13

APLICAÇÃO DE DIFERENTES INTERVALOS PARA EXERCÍCIOS MONO E MULTIARTICULARES E CONSISTÊNCIA NAS REPETIÇÕES. O QUE A CIÊNCIA DIZ

Em um estudo recente [1] publicado por Roberto Simão, Jeff Willardson e colaboradores, evidências sugerem que diferentes intervalos dados entre exercícios mono e multiarticulares interferem na consistência do número de repetições em cada série e no efeito agudo de recuperação (entenda-se por consistência a mesma faixa de repetições por série). Os exercícios utilizados foram o […]

Leia Mais »